Assistir filmes é um de meus passatempos favoritos. Quando estou de férias, então, faço verdadeiras maratonas cinematográficas. Por isso, vou escrever aqui sobre os filmes que mais me agradaram.

Vou começar falando do filme “Drive“, estrelado por Ryan Gosling e Carey Mulligan. Ryan interpreta o motorista (ele não tem nome no filme), um rapaz comum, que é piloto dublê em Los Angeles, trabalha em uma oficina mecânica na parte da tarde e, à noite, atua como piloto de fuga para criminosos. É calado e misterioso, com uma habilidade surpreendente para escapar com seu carro de situações perigosas, mas que tem sua vida se modificar após se aproximar de sua vizinha Irene e seu filho Benício. O marido de Irene está na cadeia, mas quando ele é solto descobre que seus problemas estão longe de terminar. Decidido a ajudá-lo, o motorista resolve participar de um assalto, o que o coloca em uma grande enrascada.

Apesar de ser um filme de ação, não espere muitos diálogos. Mesmo com poucas falas, o filme nos envolve em sua tensão, e nos deixa pensando sobre ele mesmo quando ele termina. A atuação de Ryan Gosling está fantástica e ele impressiona com esse personagem ambíguo, que consegue ser tão passional e frio, ao mesmo tempo. Só não sei se gostei muito do desempenho de Carey Mulligan, tirando o filme “Educação”, tenho achado ela meio parecida em todos os filmes, como em “Não me abandone jamais”. Questão de gosto, claro, pois sei que ela é considerada uma grande atriz.

A trilha sonora é uma atração à parte. Dá vontade de correr para a Internet e pesquisar sobre as músicas assim que o filme acabar. O filme foi dirigido por Nicolas Winding Refn, e tem recebido muitos prêmios em festivais de cinema do mundo todo.

Recomendo!

Anúncios