Cobiçava a Base Cashmere Magix Avon desde seu lançamento, mas estava esperando a minha base terminar, porque tenho uma tendência enorme a esquecer meus produtos antigos quando compro novos. Enquanto isso, pesquisei sobre ela na blogosfera para saber as opiniões de quem já tinha usado. Encontrei relatos bem divergentes: de meninas falando que a base era péssima, e várias outras defendendo os benefícios do produto.

Quando a encontrei em promoção no catálogo, resolvi arriscar e encomendei (ela custa R$ 40,00, mas na oferta saiu por R$ 29,99). Optei pela cor Bege Claro que, de acordo com as fotos que vi em blogs, era a mais adequada à tonalidade da minha pele.

Escolhi esta base pelas promessas de diminuir a aparência dos poros e linhas finas de expressão – graças à tecnologia Optix Light-Diffusing -, além de garantir uma pele sem brilho por 7 horas, dando um efeito aveludado.

Após aplicá-la, notei que os poros realmente foram minimizados e as linhas de expressão, disfarçadas. Ponto positivo. Mas as 7 horas sem brilho foram impossíveis: devido ao calor da cidade onde moro, esse efeito durou umas 4 horas, no máximo.

Como ela tem apenas FPS 10 – o que é muito baixo para quem está fazendo um tratamento dermatológico para clarear as manchas do rosto -, apliquei antes meu bloqueador de FPS 30. A base resistiu, e segurou a oleosidade do rosto pelo mesmo tempo. Só notei que, sem o bloqueador, ela adere mais à pele e, quando o apliquei, tive que tomar mais cuidado para não encostar o rosto em nada, já que ela saiu com mais facilidade.

Outro ponto observado foi a cobertura: ela é boa, mas não cobre totalmente as manchas marrons. Aliás, camuflar estas manchas tem sido uma grande dificuldade, por isso, deixei a preguiça de lado e optei pelo tratamento com ácido.

No geral, estou bem satisfeita com o produto, acho que o investimento valeu a pena.

E você, já usou esta base?

Recomendo!

Anúncios