Hoje é a estreia de uma nova seção no blog: Gula. Porque a gula, depois da vaidade (cosméticos) e da preguiça (livros e filmes), é um dos  pecados capitais que mais pratico, hehehe.

Aproveitando a proximidade da Páscoa, vou falar sobre minha paixão: chocolate. Queria tanto ser uma daquelas pessoas de sorte que, ao ver essa delícia calórica, adotam um ar blasé e dizem: “Chocolate? Não ligo pra isso, nem gosto…”. Pena que sou viciada em chocolate. Procuro me segurar durante o mês porque sei que, na famigerada TPM, vou enfiar o pé na jaca e me jogar na minha paixão…

Mas minha loucura por ovos de Páscoa já foi controlada há algum tempo. Hoje acho uma bobagem pagar um absurdo por ovos de menos de 500 gramas quando uma boa caixa de bombons sai por menos de R$ 10 (claro que queria experimentar aqueles ovos fantásticos da Cacau Show, mas pagar R$ 40 por um ovo de chocolate é algo fora de minha realidade). Por isso, ontem, ao entrar nas Lojas Americanas, resisti às tentações pascais e comprei algo novo, porém barato: uma caixa de chocolates da Hershey’s pela bagatela de R$ 6,99 (a caixa tem 300 gramas de pecado).

Sempre gostei das barras Hershey’s, mas como sempre fico em dúvida sobre qual escolher (todas as opções são muito gostosas), optei pela caixa, já que ela oferece tanto os clássicos conhecidos no Brasil (Paçoca, Cookies ‘n’ Creme, Ao Leite), como também os importados: Reese’s (recheio de amendoim), Almond Joy (recheio de coco e amêndoas) , York (chocolate meio amargo com recheio cremoso de menta), Mounds (recheio de coco) e Whoppers (confeitos com recheio de leite e malte). Hummm!

Minha escolha fez sucesso até com meu marido, que nem é tão fã de chocolate, mas que adora os chocolates Hershey’s por achá-los menos enjoativos.

Recomendo!


Anúncios