"Eu, ele e a enfermeira... Na luta contra a anorexia", Fernanda do Valle, Editora Clio, 2009

Adoro ganhar livros, acho que é o melhor presente que podemos oferecer a alguém. Nessa semana, tive a felicidade de receber o livro “Eu, ele e a enfermeira… Na luta contra a anorexia”, escrito por Fernanda do Valle, que ganhei em um sorteio no blog Psychobooks.

No livro, a autora relata o que viveu desde o momento em que foi diagnosticada com anorexia nervosa, no início de 2008. Após a descoberta da doença, ela foi internada por duas vezes – a segunda internação durou cinquenta dias! -, até receber alta e, hoje, após muita luta, fé e perseverança, está recuperada, mas continua o tratamento, pois a anorexia exige uma manutenção constante, para que não haja recaída. Ela também ministra palestras para jovens, alertando-as sobre os riscos da doença.

A leitura é envolvente – devorei o livro em menos de dois dias – e muito íntima: em diversos momentos, tive a sensação de estar lendo o diário de alguém, escondida. Fernanda fala sobre seus medos, angústias que enfrentou, a força que recebeu da família e do empenho da equipe multidisciplinar que acompanhou seu tratamento.

Em busca do padrão de beleza imposto pela mídia, muitos adolescentes, principalmente as meninas, acabam desenvolvendo transtornos alimentares – anorexia, bulimia e compulsão alimentar – a fim de alcançar a tão sonhada magreza. O assunto já foi debatido pelo mundo fashion quando modelos morreram por conta da doença – quem não se lembra da modelo Ana Carolina Reston Macan, que morreu vítima de anorexia em novembro de 2006, aos 21 anos de idade? Entretanto, a magreza continua desfilando pelas fashion weeks mundo afora…

Parabenizo Fernanda pela coragem em relatar algo tão pessoal, utilizando-o para acender o debate em torno da questão e ajudar quem sofra da doença.

Quer saber mais sobre o livro e a autora? Aqui neste post do Psychobooks tem uma ótima resenha e uma entrevista com Fernanda.

Recomendo!

Anúncios