carta_ao_papainoel

Querido Papai Noel,

Desculpe-me por interromper suas férias. Sei que o Natal já passou, mas não quis escrever a minha cartinha antes por saber que o senhor estaria muito ocupado percorrendo os quatro cantos do mundo com seu trenó para atender todos os pedidos que lhe são feitos.

Fui uma boa menina em 2008, assim como tenho sido todos os anos (aliás, já cansei de ser sempre boazinha, estou começando a crer que isto não adianta nada, perdoe-me a heresia). Por isso, gostaria de lhe fazer um único pedido, e penso que não estou pedindo muito: quero um EMPREGO, um EMPREGO DE VERDADE. Estou farta de subempregos (veja como também sou estudiosa, já estou utilizando as novas regras ortográficas aqui do Brasil!).

Fiz tudo direitinho, como manda a etiqueta: graduação em uma universidade conceituada, ótimas notas, estou concluindo uma pós-graduação também em universidade federal, e tenho uma vasta experiência em meu currículo (bem diversificada, diga-se de passagem). Visto a camisa do local onde trabalho, mesmo que não morra de amores pelo mesmo, sou comprometida, dedicada, pontual e nunca falto.

Sabe o que ganho com isso? Reconhecimento? Bons salários? NADA! Um elogio aqui, outro ali, apenas isso.

Alguns podem dizer que estou reclamando de barriga cheia, e comentar “veja, o mundo está em crise, tem muita gente boa desempregada, agradeça seu trabalho todos os dias”… Balela! Queria ver só o que estas mesmas pessoas diriam se descobrissem, por exemplo, que outros funcionários em sua empresa têm uma remuneração maior que a sua, mesmo que desempenhem a mesma função. Isso é justo? É fácil de engolir? Tenho certeza que não!

Por isso, Papai Noel, vim lhe pedir de presente um bom emprego. Não estou lhe implorando um cargo de vice-presidência em alguma multinacional, nem que me transforme em assessora de algum deputado em Brasília. Quero apenas um emprego justo, que valorize e recompense meu esforço, onde todos os funcionários sejam beneficiados da mesma forma, sem diferenças. E com um salário, se possível, que me permita durmir tranquilamente, sem preocupação com contas a pagar. Se um emprego assim existir, por favor, guarde uma vaga para mim.

No mais, obrigada pela atenção. E aproveite suas férias!

Atenciosamente,

Funcionária do Mês.

Anúncios